WeCreativez WhatsApp Support
Atendimento ao vivo
Olá! Vamos falar sobre a sua necessidade?

    10 Mandamentos Do Bom Síndico

    690 388 Cláudia Lolita

    Nossa dica de hoje é para você, sindico ou aspirante ao cargo! A gente sabe que a função de síndico requer muitas habilidades diferentes, que são complexas.
    Por isso, é preciso ter os procedimentos e ferramentas adequados. Parta te axiliar nesta tarefa, com a ajuda do site sindconet, gravamos este vídeo para fazer um resumo para você ser um sindico bem sucedido na sua administração condominial.

    Melhores práticas para ser um bom síndico

    1) Limitar O Desgaste

    Gente, é essencial limitar horários para sua atuação, orientando inclusive o zelador e os porteiros a não dirigir reclamações por interfone. Em assembleias, ou quando surgem problemas de convivência no dia a dia, não tomar parte em discussões nem alimentá-las. Sindico não é empregado, nem escravo!

    2) Dividir funções e responsabilidades

    É sempre conveniente limitar o máximo possível o trabalho do síndico, contando com uma empresa administradora ou escritório de contabilidade.
    Por outro lado, dividir responsabilidades e funções é dividir poder, ou seja, envolver os condôminos na gestão da coisa comum. Decisões importantes devem ser tomadas pela assembleia. O síndico é o Poder Executivo do condomínio, ou seja, ele executa o que todos determinaram. Assim, o síndico não será “crucificado”,  caso aconteça algum problema.

    3) Conhecer A Legislação

    Tudo o que o síndico faz tem de estar respaldado pelas leis e pela Convenção Condominial. Deveria ser o primeiro ato de uma gestão, uma leitura atenta destes textos, que não são muitos. Eles já trazem pronta a solução para os principais conflitos que podem ocorrer. Basta aplicar corretamente.

    4) Organização

    O síndico não pode ser “inimigo dos documentos”. Os condomínios necessitam muita documentação que precisa, legalmente, ser arquivada: notas fiscais, documentação trabalhista, atas de assembleias.
    Como também é preciso controlar muitos setores, simultaneamente (segurança, inadimplência, funcionários etc.), é aconselhável ter planilhas, onde se registra o andamento de cada questão pendente.
    Além disso, para lidar com o dinheiro comum (e depois, como exige a lei, prestar contas anualmente), é preciso saber exatamente o que está sendo gasto e em quê. Ter uma previsão orçamentária.

    5) Perceber As Demandas

    É importante ter uma percepção concreta do que os condôminos pensam sobre os serviços do condomínio, sobre o que eles desejam de melhorias, o que não está sendo feito e o que é necessário.
    Um dica muito legal é realizar uma pesquisa de opinião com os condôminos. A CLAC CONTABILIDADE tem um modelo pronto para seu uso.

    6) Autoridade sem autoritarismo

    O síndico “linha dura” sempre acaba criando mais descontentamento do que ordem. É preciso fazer os condôminos cumprirem o que é determinado pelas leis e pela Convenção e Regulamento Interno. Claro, além das decisões soberanas da assembleia. Mas, o síndico não deve criar regras, apenas executá-las, deixando isso claro para a comunidade condominial

    7) Conhecer Bem O Condomínio

    Isso inclui os funcionários, a estrutura da edificação e os condôminos.
    Outra dica legal é fazer uma inspeção na edificação, acompanhado pelo zelador, pelo menos uma vez por mês. Assim você poderá visualizar a situação em cada andar, no topo do edifício, na sala de máquinas e etc.
    Converse com os funcionários, sempre que possível, para saber do andamento de seus trabalhos, problemas com condôminos e outros colaboradores.
    Mantenha um cadastro de moradores.

    8) Agir com criatividade

    Tente descobrir soluções a partir das condições do condomínio. Em condomínios com muitas crianças, é possível envolvê-las em uma campanha de reciclagem, por exemplo. Em condomínios com muitos idosos, organizar ações para a terceira idade, em áreas comuns, pode ser muito estimulante para esses moradores.

    9) Nunca Descuidar Da Manutenção

    O jardim é um caso claro. Quando o condomínio não contrata, por muito tempo, uma empresa de paisagismo ou um jardineiro para a manutenção, acaba gastando muito mais, porque vai ter de reformar todo o jardim. O mesmo acontece com os equipamentos e a estrutura do condomínio, como: tubulações, elevadores, portões, lajes, para-raios, infiltrações, trincas, sistema de segurança e etc.

    10) Boa estratégia de comunicação

    Não basta ser eficiente e honesto. É preciso que os condôminos sejam lembrados disso.
    O síndico deve comunicar-se sempre com os condôminos, mostrando o que está sendo realizado e o que está sendo feito com o dinheiro do condomínio.
    É importante se comunicar com muita clareza, desde o recadinho de duas frases afixado no elevador. até, eventualmente, o jornal do condomínio.

    Estas são dicas valiosas para uma administração de sucesso.
    Espero que você tenha gostado, pois fiz esse vídeo com muito amor para você.
    Inscreva-se no nosso canal e Entre em contato com a gente.

    Última Atualização em:

    AUTOR

    Cláudia Lolita

    Contadora graduada há 26 anos, advogada, corretora de imóveis, perita judicial contábil, presidente da Associação dos Contabilistas de Teresópolis, pós-graduada em Ciências Contábeis pela FVG RJ, MBA em Gestão Tributaria, pós-graduada em Pericia Judicial, pós-graduanda em Direito Processual Civil, MBA em Contabilidade Digital, mestranda em Ciências Contábeis pela FUCAPE, especialista em Liderança na Disney e na Missão Internacional de Negócios no Vale do Silício– EUA. Com vasta participação em eventos, palestras e cursos da classe contábil, é fundadora e diretora da CLAC – Claudia Lolita Assessoria Contábil, há 23 anos. É apaixonada pelo empreendedorismo contábil e pelas técnicas e estratégias que a contabilidade pode contribuir no desenvolvimento econômico e de negócios. Youtuber do canal CLAC CONTABILIDADE e do canal Claudia Lolita – Vida & Negócios

    Todas as histórias por: Cláudia Lolita

    Deixe uma resposta

    O seu email não será publicado.

    Seja o primeiro a saber!
    Assine nossa Newsletter!
    Receba boletins informativos sobre o mundo da contabilidade, para a sua empresa ou negócio.
    Assinar
    Não, obrigado!
    close-link