WeCreativez WhatsApp Support
Atendimento ao vivo
Olá! Vamos falar sobre a sua necessidade?

Barulho em Condomínio

690 388 Cláudia Lolita
  • 0

Quais são os principais barulhos que incomodam os vizinhos, no condomínio?

Eu sou Claudia Lolita, tenho experiência de mais de trinta anos com gestão condominial e fiz esse vídeo para ajudar você a gerir, de forma profissional, o seu condomínio!
O assunto de hoje é: Barulho em condomínio .

  • Latidos de cachorros;
  • Festas ate a madrugada;
  • Som alto de instrumentos;
  • Aparelhos sonoros;
  • E etc.

Há também barulhoso com som baixo, como o andar de saltos altos no apartamento imediatamente superior, altas horas da noite , o arranhar de moveis e as brincadeiras e jogos infantis no interior das unidades.

O que diz o código civil sobre o direito de vizinhança?

Tem um capitulo no código civil que trata do direito de vizinhança, você sabia?
E lá, diz que o morador tem o direito de fazer cessar as interferências prejudiciais a segurança, ao sossego e a saúde dos que habitam.
É logico que ninguém pode fazer justiças pelas próprias mãos e deve tomar as providencias junto as pessoas revestidas de poder legal, para cessar os inconvenientes, como o sindico .

Quais barulhos são toleráveis e intoleráveis, no prédio?

Alguns barulhos não passam de mero aborrecimentos, Outros realmente se constituem em uso anormal de propriedade, incomodam e ate chegam a prejudicar a saúde do próximo.
Mas, examinando as decisões judiciais é possível concluir pela grande dificuldade de relação ao conjunto probatório. Pois, é muito difícil, na maioria das vezes, demonstrar que o ruído é excessivo e ultrapassa o limite do razoável ou o ruído é baixo, mas muito incomoda, não é mesmo?
É preciso atentar para o excesso de sensibilidade de alguns condôminos, que se incomodam com os barulhos normais, e com relação a isso é necessário haver tolerância. Mas, de outro lado, não custa nada para a vizinha de cima descalçar do salto alto, se chegar tarde da noite.

Tudo na vida, é uma questão de amor ao próximo, de bom senso, e de atenção com seus pares . As pessoas devem sempre pensar que não deveriam fazer aquilo que não gostariam que fizessem consigo ou com a sua família. Se a gente conseguir pensar assim e agir assim, garanto que a convivência ficaria bem melhor e mais saudável.

É preciso pensar que a moradia  é um bem personalíssimo, que a casa da gente é nosso porto seguro, nosso cantinho, nosso lugar de descanso das agruras do dia a dia. Então, por que não agir com cuidado e pensar no seu próximo? Assim, como você precisa do descanso, o seu vizinho também precisa. Dormir é uma necessidade básica do ser humano.

O que fazer para prevenir barulhos?

Antes de adquirir ou mudar para um imóvel, verifique se a construtora utilizou material adequado para o isolamento acústico, se você é uma pessoa muito sensível a barulhos.
Mas, ainda tem o barulho nas áreas externas do condomínio. Quanto a isso, como fica isso?

O que fazer quando o barulho é fora do condomínio?

Por exemplo, uma empresa que vende produtos e o carro sai anunciando os produtos, você já viu isso? Ou, é só em cidade pequena,  que acontece isso?
E quando tem um casa de festas ao lado de sua casa? E ai? O que fazer?
Se for algo constante, existe ações cominatórias para que a empresa seja obrigada a tomar providencias, a fim de cessar ou reduzir o barulho, cumulada com o pedido de fixação de multa diária, no caso de descumprimento da determinação judicial.

Esse assunto não é fácil, mas com empenho e cuidado podemos resolver tudo, e claro com muito carinho e amor ao nosso vizinho.
A gente fica por aqui, um grande abraço.

AUTOR

Cláudia Lolita

Contadora graduada há 26 anos, advogada, corretora de imóveis, perita judicial contábil, presidente da Associação dos Contabilistas de Teresópolis, pós-graduada em Ciências Contábeis pela FVG RJ, MBA em Gestão Tributaria, pós-graduada em Pericia Judicial, pós-graduanda em Direito Processual Civil, MBA em Contabilidade Digital, mestranda em Ciências Contábeis pela FUCAPE, especialista em Liderança na Disney e na Missão Internacional de Negócios no Vale do Silício– EUA. Com vasta participação em eventos, palestras e cursos da classe contábil, é fundadora e diretora da CLAC – Claudia Lolita Assessoria Contábil, há 23 anos. É apaixonada pelo empreendedorismo contábil e pelas técnicas e estratégias que a contabilidade pode contribuir no desenvolvimento econômico e de negócios. Youtuber do canal CLAC CONTABILIDADE e do canal Claudia Lolita – Vida & Negócios

Todas as histórias por: Cláudia Lolita

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado.