Saiba como a Receita Federal e o Banco Central rastreiam seus dados

    1080 608 Cláudia Lolita

    Por Claudia Lolita, da CLAC Contabilidade

    Olá! Eu sou Cláudia Lolita e hoje a gente vai falar sobre o cruzamento de informações. Saiba como a Receita Federal e o Banco Central rastreiam os seus dados… O Banco Central ganhou uma ferramenta tecnológica a altura do seu sistema financeiro, altamente informatizado e moderno. Trata-se do supercomputador “Hall, que é uma ferramenta decisiva no combate à fraude e lavagem de dinheiro, no Brasil.

    É importante que você tenha conhecimento das suas contas bancárias! Essas contas estão sendo monitorados pelo governo. O Hall é o cérebro eletrônico mais poderoso de Brasília e fiscaliza as contas bancárias de todos os brasileiros, sem distinção.

    O “Hall” trabalha, sem cessar, no subsolo do Banco Central. Ele é um computador instalado especialmente para reunir, atualizar e fiscalizar todos as contas no Brasil. Só há dois sistemas parecidos no planeta, na Alemanha e outro na França, mas ambos são inferiores ao nosso brasileiro. O Banco Central disponibiliza uma senha para que todos os juízes possam acessar diretamente o  dados do computador “Hall”.  O banco de dados do”Hall” remete aos movimentos dos seus últimos cinco anos de movimentação bancária.  A partir da estreia do”Hall”, com um simples clique, o Ministério Público, a polícia federal e qualquer órgão do governo pode ter acesso a todas as contas de um cidadão e de uma empresa, que mantém no Brasil.

    20 milhões foram gastos para criação desse supercomputador, sob o controle de 182 bancos, 150 milhões de contas e 1 milhão de dados bancários por dia.  Já imaginaram?  As informações que envolvem o CPF ou CNPJ serão cruzadas com os cartórios, Detrans, com as empresas, em geral, com os bancos… E nas empresas, em geral,  só para vocês terem uma ideia, o governo já monitora fundo de garantia, INSS, os impostos, livros e notas fiscais eletrônicas. Tudo vai passar a ser cruzado, com operação de compra e venda de mercadorias e serviços, em geral,  inclusive as suas contas de luz, água, telefone, seus planos de saúde e até os financiamentos que você faz.  Tudo, através da nota fiscal eletrônica e da nota fiscal digital, em esfera Municipal, Estadual e Federal.  Já pensou?  Sua empresa é optante pelo simples? Então, eu vou te contar só uma curiosidade! Para você ter uma ideia, as empresas tributadas pelo lucro real, que são a maioria das empresas de grande porte no Brasil, representam, mais ou menos, 6% das empresas brasileiras e são responsáveis por 85% da arrecadação nacional.

    Das empresas do lucro presumido, que é um outro tipo de tributação, no Brasil, a maioria desse tipo de tributação são pequenas de médio porte. Elas representam, cerca de de 24% das empresas brasileiras, e são responsáveis por 9% da arrecadação nacional.  Sobre esses dois tipos de empresas, o governo já tem um controle muito maior! Agora, as empresas tributadas pelo simples nacional, que corresponde a 70% das empresas no Brasil, e que responde em apenas por 6% de toda arrecadação nacional, é que o FISCO vai começar a focar seus esforços, porque são nelas em que se encontra a maior parte da informalidade e da sonegação. A recomendação é que as empresas devem se esforçar, cada vez mais, no sentido de ir acertando, os detalhes que falta para diminuir os problemas com o FISCO.

    Contratar um contador, experiente e com um escritório sério, para fazer a administração da sua empresa, vai te ajudar bastante.

    Essa é a dica de hoje!

    Esse texto é uma transcrição do meu vídeo, lá do nosso Canal do YouTube, que é o “CLAC Contabilidade”. Por isso, se você gostou, dê uma força lá pra gente.  Deixe o seu like e se escreva no nosso canal, pois a gente vai lhe enviar um e-mail, toda vez que postar um novo vídeo.

    Valeu!

    AUTOR

    Cláudia Lolita

    Contadora graduada há 26 anos, advogada, corretora de imóveis, perita judicial contábil, presidente da Associação dos Contabilistas de Teresópolis, pós-graduada em Ciências Contábeis pela FVG RJ, MBA em Gestão Tributaria, pós-graduada em Pericia Judicial, pós-graduanda em Direito Processual Civil, MBA em Contabilidade Digital, mestranda em Ciências Contábeis pela FUCAPE, especialista em Liderança na Disney e na Missão Internacional de Negócios no Vale do Silício– EUA. Com vasta participação em eventos, palestras e cursos da classe contábil, é fundadora e diretora da CLAC – Claudia Lolita Assessoria Contábil, há 23 anos. É apaixonada pelo empreendedorismo contábil e pelas técnicas e estratégias que a contabilidade pode contribuir no desenvolvimento econômico e de negócios. Youtuber do canal CLAC CONTABILIDADE e do canal Claudia Lolita – Vida & Negócios

    Todas as histórias por: Cláudia Lolita

    Deixe uma resposta

    O seu email não será publicado.

    catorze − cinco =

    Seja o primeiro a saber!
    Assine nossa Newsletter!
    Receba boletins informativos sobre o mundo da contabilidade, para a sua empresa ou negócio.
    Assinar
    Não, obrigato!
    close-link
    WhatsApp chat